Principal
Especiais
Placar Brasil
Papo de Box
Autódromos
Agenda
Galeria
Wallpapers
Fórmula 1
F-Indy
Fórmula 2
Fórmula 3
Fórmula Renault
Brasil
Stock Car
Endurance
Brasileiro de Marcas
Fórmula Truck
Europa
Estados Unidos
Rali
Kart
Placar Brasil
Memórias Velozes
Outros

Alpie Escola de Pilotagem
 
 
 
Hamilton venceu a Guerra de Gigantes na Espanha
Domingo, 14 de Maio de 2017
 
O toque entre os carros de Hamilton e Vettel, um dos muitos momentos de emoção da corrida em Barcelona (Foto: Reprodução de Vídeo)
O inglês Lewis Hamilton e a equipe Mercedes acertaram nas estratégias de paradas e de escolha de pneus, o que conferiu ao súdito de Queen Elizabeth a vitória no GP da Espanha, prova marcada por uma verdadeira guerra de Gigantes que terminou com Sebastian Vettel colocando sua Ferrari na segunda posição, e com Daniel Ricciardo cruzando a linha de chegada na “P3”, por coincidência subindo pela primeira vez ao pódio nesta temporada no mesmo traçado onde participou pela primeira vez de uma festa do Champanhe no “circo”: o Circuito da Catalunha, em Barcelona.

Logo depois das luzes vermelhas serem apagadas aconteceu uma cena à qual os fãs de automobilismo já estão acostumados: o choque entre dois carros, neste caso a Ferrari de Kimi Räikkönen e o Red Bull de Max Verstappen. O que se viu a seguir, porém foi uma cena impensável na Fórmula 1 de até há poucos meses, com os responsáveis pela gestão da categoria mandando localizar e franqueando o acesso aos boxes da Ferrari do garoto que começou a chorar compulsivamente ao ver o finlandês parar antes mesmo de chegar à área de serviços.

Depois de pular à frente do pole Hamilton na largada, Vettel passou a abrir vantagem, que era de 2,5 segundos sobre o britânico já no quinto giro, dez antes do alemão parar para a primeira troca de pneus.

Lewis e seu companheiro de equipe seguiam na pista, com o britânico parando no giro 21, justamente aquele no qual Bottas foi ultrapassado pelo alemão da Ferrari bem ao estilo F1 dos anos 80 e 90: depois de um tenta daqui, tenta dali, vira pra lá, vira pra cá que fez vibrar os ferraristas das arquibancadas.

Foi na volta 37, duas após a colocação do Safety Car virtual em ação por conta do toque entre o McLaren de Stoffel Vandoorne e o Williams do brasileiro Felipe Massa que Hamilton parou para instalar pneus macios em seu carro, antecipando em dois giros o momento da parada para a segunda troca do alemão.

No exato momento em que Vettel saiu da faixa branca que divide a área de serviços e a pista, Hamilton acabara de completar o giro 38, quando os dois carros se tocaram na mesma hora em que Bottas deixava a prova por problemas no motor.

Assim que aconteceu o toque, o alemão levou a melhor, mas o britânico acabou dando o troco e partindo para aquela que foi sua segunda vitória na temporada, e a 55ª na categoria.

Use os links para ver o resultado completo e a tabela atualizada da Fórmula 1, que volta à ação em duas semanas, no dia 28/05, com o GP de Mônaco.
Jorge Kraucher
» Leia também
 14/05 - Resultado do GP da Espanha
 14/05 - Os números da Fórmula 1

anterior Índice de notícias próxima
Enviar Imprimir  



Interlagos - um sonho de velocidade
Fórmula Alpie

 


© Copyright 1998/2017 Speed On Line. Todos os direitos reservados