Principal
Especiais
Placar Brasil
Papo de Box
Autódromos
Agenda
Galeria
Wallpapers
Fórmula 1
F-Indy
Fórmula 2
Fórmula 3
Fórmula Renault
Brasil
Stock Car
Endurance
Brasileiro de Marcas
Fórmula Truck
Europa
Estados Unidos
Rali
Kart
Placar Brasil
Memórias Velozes
Outros

Countdown Speed On Line
 
 
 
Grids lotados marcaram o segundo ano do Brasileiro de Marcas e Pilotos
 
O Voyage com o qual Jayme Figueiredo e Xandy Negrão faturaram o título de 1984. (Foto: Arquivo Napoleão Ribeiro)
Com uma média de 60 carros no grid, o segundo ano de disputas do Campeonato Brasileiro de Marcas e Pilotos ? 1984 -, foi sem sombra de dúvidas o maior de todos os tempos.

O certame foi aberto no dia 9 de junho, com a 6 Horas de Interlagos, corrida onde a dupla paulista Wilson Fittipaldi Júnior e Chico Serra conseguiu superar outros 68 carros para estar na frente no momento da quadriculada, a bordo de um Fiat Oggi.

No mesmo mês de junho, mas no dia 24, foi realizada a ?500 Kilometros de Brasília?, disputa travada por 64 carros ao final da qual a festa foi de Ingo Hoffmann e Marcos Gracia, dupla que pilotou um modelo Chevette da Chevrolet.

Na ?12 Horas de Goiânia?, realizada no dia 12 de agosto, Jayme Figueiredo e Xandy Negrão colocaram seu VW Voyage adiante de todos os demais 59 carros que formaram o grid.

Com a caravana de volta ao Distrito Federal, foi disputada no dia 9 de setembro a "1000 Kilometros de Brasília", corrida que também foi vencida por Jayme Figueiredo/Xandy Negrão.

As dimensões da pista que sediou a quinta etapa, a ?12 Horas de Guaporé?, disputada no dia 30 de setembro, fizeram com que apenas 45 dos 54 carros inscritos pudessem participar da disputa na qual a dupla Armando Balbi/Toni Rocha conquistou o terceiro triunfo consecutivo no certame a bordo de um VW Voyage.

Balbi e Rocha voltaram a vencer no dia 21 de outubro, quando 51 carros formaram o grid da ?300 Milhas de Goiânia?.

Jayme Figueiredo e Xandy Negrão alcançaram a terceira vitória no certame ao concluírem na frente a ?12 Horas do Rio de Janeiro?, corrida travada no dia 10 de novembro que teve o grid formado por 60 carros, apenas um a mais que o total que formou o grid da ?12 Horas de Interlagos?, a oitava e última prova do campeonato, que teve a vitória dos gaúchos Leonel Friedrich e Anor Friedrich, também com um modelo Voyage da Volks.

A festa pelo título de pilotos foi de Armando Balbi e Xandy Negrão, enquanto a Volkswagen festejou o status de melhor montadora.

Colaborou Napoleão Augusto Ribeiro
Jorge Kraucher

anterior Índice de notícias próxima
Enviar Imprimir  



Solfesta - Porque bons negócios dependem de uma viagem bem planejada
Interlagos - um sonho de velocidade

 


© Copyright 1998/2019 Speed On Line. Todos os direitos reservados