Principal
Especiais
Placar Brasil
Papo de Box
Autódromos
Agenda
Galeria
Wallpapers
Fórmula 1
F-Indy
Fórmula 2
Fórmula 3
Fórmula Renault
Brasil
Stock Car
Endurance
Brasileiro de Marcas
Fórmula Truck
Europa
Estados Unidos
Rali
Kart
Placar Brasil
Memórias Velozes
Outros

Countdown Speed On Line
 
 
 
Sertões: Varela e Macedo mantém a liderança no Campeonato Brasileiro
 
Varela/Macedo cumpriram 1º objetivo e segume na liderança do brasileiro (Foto: Haroldo Nogueira)
Reinaldo Varela e Marcos Macedo vão acelerar tudo atrás de outro título

O Rally dos Sertões chega à capital do Tocantins neste sábado (27/6), depois dos concorrentes percorrerem a Especial cronometrada mais extensa do segundo rali mais difícil do mundo. Até o final do quarto dia serão 2.205 km completados do objetivo de 5.056 km até o dia 3 de julho, quando a competição terminar em Natal (RN). “Agora começa a ficar ainda mais difícil, mas também prazeroso. Passados estes três primeiros dias que valiam pelo Brasileiro, agora podemos ousar um pouco a mais atrás de um bom resultado no Sertões”, avalia Reinaldo Varela (Mitsubishi/Pirelli/Blindarte), líder do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country e cinco vezes vencedor do Rally dos Sertões.

A quarta etapa da competição, entre Minaçu e Palmas, terá a maior distância percorrida num dia - 764 km -, sendo que 373 km cronometrados. Será outra Especial bem dura e completa, com vários tipos de terrenos. Começará com estradinhas sinuosas, com piçarra e cascalho, seguindo para regiões mais montanhosas com muitos trechos de trial, travessia de vários rios e poucas retas de alta velocidade. Haverá muitas áreas com pedras grandes, erosões profundas e piso duro, que vão forçar muito os pneus. “A organização promete e cumpre. A cada ano o Sertões está mais difícil. Então, temos que nos aplicar cada vez mais para buscarmos outra vitória na Super Production, nossa categoria”, comentou o navegador Marcão Macedo.

O terceiro dia do Rally dos Sertões, entre Cidade de Goiás e Minaçu (GO) teve 645 km sendo 317 km cronometrados. A Especial foi travada, de média para baixa velocidade e a navegação teve muita importância, pois muitas trilhas tinham pouca visibilidade ou escondidas. A região era de piso precário, com estradas sinuosas e estreitas, erosões, valetas, curvas de nível, com muito cascalho, travessia de rios e pontes estreitas. “Infelizmente sofremos com problemas no câmbio e caixa de transferência. Abandonamos a Especial, mas não o rali”, disse Varela, único piloto brasileiro campeão mundial de rally cross country.

“Pelo menos deu tempo de ajudarmos uma dupla que havia capotado - Regis Braga Maia/Ana Carolina Braga -, e sofreram danos materiais. Isto faz parte do rali, tanto acidentes como a solidariedade entre os concorrentes”, explicou o navegador da Mitsubishi/Pirelli/Blindarte.

Cada um dos três primeiros dias do Rally dos Sertões valeu com uma etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, que tem a liderança de Varela/Macedo na categoria Super Production com 44 pontos.

Confira os oito primeiros (extra-oficial) na categoria Super Production no terceiro dia:

1) José Sawaya/André Sawaya (328), 4h32min46s40;
2) Mauro Schenkenberg Guedes/Corban Costa (327), 4h39min31s20;
3) Luiz Facco/Silvio Deusdará (316), 4h43min52s60;
4) Cleber Rosa/Eduardo Rebouças (329), 4h58min50s30;
5) Walter Bussadori Jr/Ademar Frederico (339), 5h00min19s10;
6) Ralph Schaus/Norberto Tomé (335), 5h01min59s10;
7) Otto Baumgart/Gabriel Foltram (342), 5h06min41s70;
8) Jorge Wagenfuhr Jr/Gustavo Gugelmin (318), 5h16min32s00.

Assim está a classificação do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country na categoria Super Production após sete etapas:

Pilotos:

1) Reinaldo Varela, 44 pontos;
2) José Sawaya, 30;
3) Luiz Facco, 24,5;
4) Mauro Schenkenberg Guedes, 15;
5) Luciano Lima, 13;
6) Marcos Cassol, 12;
7) Augusto Soares, 10;
8) Régis Braga, 9;
9) Reinaldo Iglesias, 8;
9) Paulo Lima, 8;
9) Sven Fischer, 8;
12) Jorge Wagenfuhr Jr, 7;
13) Alberto Castro, 6;
13) Helena Deyama, 6;
13) Walter Bussadori Jr, 6;
16) Cléber Rosa, 5;
17) Ralph Schaus, 3;
18) Alberto Orsini, 2;
18) José Carlos Schorr, 2;
18) Otto Baumgart, 2 pontos.

Navegadores:

1) Marcão Macedo, 44 pontos;
2) André Sawaya, 26;
3) Silvio Deusdará, 15;
3) Corban Costa, 15;
5) Neurivan Calado, 13;
6) Rodrigo Mello, 12;
7) Ana Carolina, 9;
8) André Casagrande, 8;
8) Rogério Medeiros, 8;
8) João Stal, 8;
11) Plínio Bérgamo, 7,5;
12) Wallace Von Schimidt, 7;
12) Gustavo Gugelmin, 7;
14) Rafael Capoani, 6;
14) Vinicius Castro, 6;
14) Adriana Parra, 6;
14) Ademar Frederico, 6;
18) Eduardo Rebouças, 5;
19) Carlos Martinatti, 4;
19) Fabrício Abrantes, 4;
21) Norberto Tomé, 3;
22) Joá Bicudo, 2;
22) Clério Sfredo, 2;
22) Gabriel Foltram, 2 pontos.

A dupla Reinaldo Varela/Marcos Macedo tem patrocínio de Mitsubishi/Pirelli/Blindarte e apoio de Artfix/Borg Warner/Divino Fogão/Electrolux/Itamotors/Temp Clean.
João A. T. Otazu

anterior Índice de notícias próxima
Enviar Imprimir  



Alpie Racing
Solfesta - Porque bons negócios dependem de uma viagem bem planejada

 


© Copyright 1998/2019 Speed On Line. Todos os direitos reservados