Principal
Especiais
Placar Brasil
Papo de Box
Autódromos
Agenda
Galeria
Wallpapers
Fórmula 1
F-Indy
Fórmula 2
Fórmula 3
Fórmula Renault
Brasil
Stock Car
Endurance
Brasileiro de Marcas
Fórmula Truck
Europa
Estados Unidos
Rali
Kart
Placar Brasil
Memórias Velozes
Outros

Countdown Speed On Line
 
 
 
Sertões: Varela e Macedo vencem último dia na Super Production
 
Varela venceu seis das dez Especiais do Rally dos Sertões (Foto: José Mário Dias/DFotos)
Dupla chegou em primeiro em seis das dez Especiais da competição e são os maiores vencedores da Super Production

No encerramento da 17ª edição do Rally Internacional dos Sertões, a dupla ReinaldoVarela/Marcos Macedo (Mitsubishi/Pirelli/Blindarte) venceu mais uma Especial na categoria Super Production, a terceira seguida. Eles completaram os 85 km do último dia (03/7) em 1h10min59s30. Com a vitória nesta sexta-feira, eles somam seis conquistas em dez etapas disputadas. “Encerrar o Sertões com uma vitória é ótimo. O carro esteve sempre muito bom. Esse bom desempenho mostrou nosso potencial e constância. Aceleramos bem para sempre largar entre os primeiros”, afirma Varela, único brasileiro campeão mundial de rali cross country.

O último dia de competições foi um dos mais curtos do rali. O percurso entre as cidades potiguares de Caicó e Natal foi de 340 km, com apenas 85 km cronometrados. A menor Especial do Sertões foi de baixa velocidade e passou por estradinhas de areia, muitos mata-burros e trechos bastante sinuosos com pedras grandes. Depois, os competidores entraram numa região montanhosa com travessias de barragens, antes de finalizar com partes pesadas e estreitas de Trial. “Foi difícil e travada, com muitas poças d’água e depressões. Foi um final divertido e difícil, para fechar bem o Sertões. Nossa vitória foi chegar em Natal”, analisa o navegador Marcão Macedo.

Varela e Macedo só não tiveram melhor sorte no Rally dos Sertões por conta de um problema mecânico na Mitsubishi L200RS na sexta etapa, que os tirou de duas Especiais e conseqüentemente da briga pela vitória na categoria. “Infelizmente o problema da quebra de motor foi na Especial mais crítica, que era do tipo Maratona. Ficamos impossibilitados de consertar o carro e perdemos dois dias de rali”, lembra Varela. Sem enfrentar grandes problemas durante os 10 dias, a dupla Luiz Facco/Silvio Deusdará ficou com o título da Super Production. Os espanhóis Carlos Sainz/Lucas Cruz ficaram com a vitória no geral.

Nos dez dias de prova os aventureiros cruzaram o cerrado e o sertão brasileiro, percorrendo sete Estados (Goiás, Tocantins, Bahia, Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte) e 5.056 km de desafiadoras trilhas no segundo maior rali da América Latina, perdendo só para o Rally Dakar, que agora é disputado na Argentina e Chile. “Tentamos fazer uma prova regular e conseguimos andar sempre entre os ponteiros até na Geral. Comprovamos que tínhamos potencial para mais uma vitória no Sertões”, conclui Varela, cinco vezes vencedor do Rally dos Sertões e atual campeão da categoria Super Production.

Estes foram os mais bem colocados na décima Especial na categoria Super Production:

1) Reinaldo Varela/Marcos Macedo (303), 1h010min59s30;
2) Augusto Fiergelewski/Carlos Martinatti (340), 1h15min47s80;
3) Marcos Cassol/Rodrigo Mello (317), 1h17min22s10;
4) Jorge Wagenfhur Jr./Gustavo Gugelmin (318), 1h17min37s00;
5) Luiz Facco/Silvio Deusdará (316), 1h22min43s30;
6) José Carlos Schorr/Clério Sfredo (338) 1h23min24s30.

A dupla Reinaldo Varela/Marcos Macedo tem patrocínio de Mitsubishi/Pirelli/Blindarte e apoio de Artfix/Borg Warner/Divino Fogão/Electrolux/Itamotors/Temp Clean.
João A. T. Otazu

anterior Índice de notícias próxima
Enviar Imprimir  



Fórmula Alpie
Interlagos - um sonho de velocidade

 


© Copyright 1998/2017 Speed On Line. Todos os direitos reservados