Principal
Especiais
Placar Brasil
Papo de Box
Autódromos
Agenda
Galeria
Wallpapers
Fórmula 1
F-Indy
Fórmula 2
Fórmula 3
Fórmula Renault
Brasil
Stock Car
Endurance
Brasileiro de Marcas
Fórmula Truck
Europa
Estados Unidos
Rali
Kart
Placar Brasil
Memórias Velozes
Outros

Countdown Speed On Line
 
 
 
A Porsche caindo fora do WEC?
 
Uma possibilidade que começou a ser cogitada antes da 24 Horas de Le Mans e ganhou ainda mais força na quarta rodada do Campeonato FIA WEC disputada neste domingo em Nürburgring é de que a Porsche deixe a classe “LMP 1” ainda no final desse ano, o que pode inviabilizar a sobrevivência da divisão das super máquinas do certame.

Consultado a respeito, o diretor da equipe Porsche LMP1 Andreas Seidl foi econômico nos comentários, dizendo apenas que uma decisão a respeito da saída da montadora será tomada até o final deste mês de julho.

Dizendo-se ocupado demais por conta da prova de Nürburg, Seidl se limitou a dizer que a Companhia que representa a princípio vai permanecer na disputa “até o fim da temporada 2018”, mas o comentário foi feito sem muita convicção.

O boato sobre uma possível interrupção do programa de LMP da marca alemã ganhou ainda mais força por conta da presença de figurões da Porsche nas corridas da Fórmula E disputadas em Mônaco e Berlim.

”Nós precisamos de concorrência”

Com a participação na classe LMP1 garantida até o final de 2019 através da assinatura de um compromisso com a Federação Internacional de Automobilismo, a Toyota disse através do diretor técnico Pascal Vasselon que é cedo ainda para uma tomada de posição, mas o francês ressaltou que uma eventual saída da Porsche complicaria ainda mais a sobrevivência da classe das supermáquinas, já bastante abalada depois da retirada da Audi no final do ano passado.

Falando a respeito da possibilidade de que a fábrica alemã saia mesmo, Vasselon disse que isso "seria um problema", mas frisou que uma eventual reconsideração de estratégia só irá acontecer se as condições atuais forem modificadas: “não posso elaborar mais sobre algo que não se tenha materializado", ele falou.

O chefão da Toyota Motorsport GmbH concluiu dizendo não ter como responder qual posição será tomada, mas destacou que “é claro que precisamos de concorrentes", e para tê-los, aposta na chegada de novas montadoras a partir de 2020, quando entrará em vigor o novo regulamento.
Jorge Kraucher

anterior Índice de notícias próxima
Enviar Imprimir  



Solfesta - Porque bons negócios dependem de uma viagem bem planejada
Alpie Racing

 


© Copyright 1998/2019 Speed On Line. Todos os direitos reservados