Principal
Especiais
Placar Brasil
Papo de Box
Autódromos
Agenda
Galeria
Wallpapers
Fórmula 1
F-Indy
Fórmula 2
Fórmula 3
Fórmula Renault
Brasil
Stock Car
Endurance
Brasileiro de Marcas
Fórmula Truck
Europa
Estados Unidos
Rali
Kart
Placar Brasil
Memórias Velozes
Outros

 
 
Atualizando a história da Mil Milhas
Quarta-feira, 25 de Janeiro de 2006
 
Nas mãos do Diretor de Prova Carlos Montagner, a quadriculada que selou a história da 34ª edição da Mil Milhas (Foto: André Santos)
A corrida comemorativa dos 50 anos desde a realização da primeira edição da prova, realizada no último sábado em Interlagos, acresceu a 34ª página à história da Mil Milhas, que portanto precisa ser atualizada.

No encerramento do Especial, você confere alguns tópicos que agora passam a integrar esta história, além é claro de algumas das imagens feitas por André Santos ao longo das 374 voltas totais da disputa, disponíveis na Galeria.


4 X 4

A vitória que Nelson Piquet e seu trio de companheiros alcançou no último final de semana marcou a quarta vez em que um quarteto conquista o triunfo numa Mil Milhas.

Quem ?inaugurou a moda? de vencer em quarteto foram Régis Schuch, André Lara Resende, Max Wilson e Flávio Trindade, os melhores na prova de 2001.

Ingo Hoffmann, Fernando Nabuco, Ricardo Etchenique e Xandy Negrão ganharam em 2003, enquanto o próprio Xandy voltou a vencer no ano passado (2005), quando formou quarteto ao lado de Xandynho e Guto, e de Giuliano Losacco.

O calor e o gelo

Os termômetros chegaram a marcar até 36 graus em Interlagos, o que causou extremo desgaste para pilotos e máquinas. Após um de seus turnos de pilotagem, Nelson Piquet precisou colocar os pés numa bacia com gelo, já que a altíssima temperatura do interior do cockpit provocou dores nos pés, cirurgicamente reconstruídos após o acidente que sofreu em Indianápolis nos treinos para a 500 de 1992.

Oitava vitória em família

A vitória que Nelson Piquet alcançou na Mil Milhas Brasil 50 anos foi a oitava arrebatada por um piloto que correu junto com um familiar.

Em quarteto completado pelo filho Nelsinho Piquet, pelo francês Cristophe Bouchut e por Hélio Castro Neves, o tricampeão da Fórmula 1 repetiu o que o pentacampeão da disputa Zeca Giaffone fizera em 1981 (ao lado do irmão Affonso Giaffone e de Chico Serra), e em 1986 e 89 (sempre em parceria com o primo Walter Travaglini).

Wilson Fittipaldi Jr e o filho Christian conquistaram uma vitória familiar em 1994, enquanto os irmãos Beto Borghesi e Luciano Borghesi arrebataram a vitória em 1999, disputando a prova em Curitiba junto com Jair Bana.

Na Mil Milhas de 2005, Xandy Negrão, o filho Xandynho e o irmão Guto Negrão mantiveram a tradição de vitórias familiares na corrida, iniciada em 1970 pelos também irmãos Abílio e Alcides Diniz, e que ocorreu também em 1973, quando o topo do pódio foi ocupado por Bird e Nilson Clemente.

A primeira inglesa

A vitória alcançada pelo Aston Martin no último sábado foi a primeira assegurada por uma máquina inglesa na história da Mil Milhas.

Até agora, a marca que mais vitórias conquistou foi a Chevrolet, que tinha propulsores sob os capôs das Carreteiras dos primeiros anos, e depois viu seu Opala concluir na frente oito edições além daquela que foi vencida por um protótipo empurrado pelo motor do Vectra, somando 13 triunfos.

A vice-liderança entre as marcas com mais vitórias é da Porsche, que teve seus modelos chegando na frente em oito ocasiões.

Em três oportunidades com seus motores empurrando Carreteiras, e em uma com um Maverick, a Ford detém quatro triunfos em Mil Milhas, o dobro do número já contabilizado pela Volkswagen (uma vez com o propulsor instalado num Aldee Spyder, e uma com um Passat), e pela também alemã BMW, com um ?M3? chegando na frente em 1992, e como fornecedora do motor que empurrou o McLaren GTR de Nelson Piquet em 97.

As marcas que a exemplo da Aston Martin contabilizam um triunfo são a Dodge (com o modelo Viper GTS R), a Audi (com o TT DTM), a Renault (como fornecedora do propulsor do Willys Interlagos Mark I), a Alfa Romeo (com um GTAm) e a brazuca FNM (com um ?Fenemê? 2000 JK)

Outra promessa de aposentadoria

Depois de ganhar pela segunda vez uma Mil Milhas (havia chegado na frenteem 1997, quando pilotou um McLaren GTR/BMW junto com Johnny Cecotto e Steve Soper), Nelson Piquet voltou a afirmar que deixará de pilotar, dedicando-se apenas à vida como empresário.

Piquet comanda a Autotrac, empresa do ramo de monitoramento de caminhões por satélite.
 
Jorge Kraucher
 
» Leia também

 Confira a galeria de imagens
 22/02 - Lista Completa de Inscritos: Mil Milhas 2006
 24/01 - Prova teve o segundo menor grid da história
 24/01 - Prova foi a segunda mais rápida da história
 24/01 - A ordem de chegada, com imagens dos carros
 24/01 - Hermann divide o topo do ranking com Giaffone
 21/01 - Veja o resultado completo da Mil Milhas Brasil 50 anos
 21/01 - E o Aston Martin venceu a Mil Milhas
 21/01 - Prova está próxima do final em Interlagos
 21/01 - Chuva é a novidade da nona hora de corrida
 21/01 - O #1 tem duas voltas de vantagem
 21/01 - Aston segue na frente em Interlagos
 21/01 - O #1 na frente no complemento da quarta hora
 21/01 - Completadas 3 horas da prova em Interlagos
 21/01 - O fim, na 57ª passagem
 21/01 - #12 de novo no comando
 21/01 - Parcial da segunda hora
 21/01 - ZF reassumiu a dianteira
 21/01 - Parcial da primeira hora
 21/01 - Mercedes é o quarto carro a liderar a disputa
 21/01 - #1 assumiu a liderança na 30ª passagem

1 2 3 4

Enviar Imprimir  



Solfesta - Porque bons negócios dependem de uma viagem bem planejada
Interlagos - um sonho de velocidade

 


© Copyright 1998/2022 Speed On Line. Todos os direitos reservados