Principal
Especiais
Placar Brasil
Papo de Box
Autódromos
Agenda
Galeria
Wallpapers
Fórmula 1
F-Indy
GP2 Series
Fórmula 3
Fórmula Renault
Brasil
Stock Car
Endurance
Brasileiro de Marcas
Fórmula Truck
Europa
Estados Unidos
Rali
Kart
Placar Brasil
Memórias Velozes
Outros

Countdown Speed On Line
 
 
20/02/2004
Um ano ?menos fácil? para Michael na Fórmula 1


Em relação às últimas temporadas, a de 2004 tem todos os ingredientes para ser a ?menos fácil? (que é bem diferente de mais difícil) para o alemão Michael Schumacher.

Não que o queixudo hexacampeão mundial tenha perdido um milímetro sequer do talento que o faz ter aqueles ?três décimos a menos? que qualquer um de seus oponentes, ou que os Engenheiros da Ferrari tenham perdido a capacidade de construírem máquinas ?stuppendas?.

O fator que pode tornar as coisas mais complicadas para Michael com relação ao título está relacionado aos pneus, já que gente do quilate de Niki Lauda diz que o fato da Ferrari calçar os produzidos pela japonesa Bridgestone pode ser ?uma escolha fatal? para o alemão.

O austríaco Nikolaus Lauda usou um termo bastante forte para caracterizar a diferença entre os compostos nipônicos e os que são fabricados pela francesa Michelin, mas de fato os carros que andam sobre os produtos da Terra de Tour Eifell vem levando vantagem nos últimos tempos, o que coloca outros nomes na lista dos que reúnem chances de terminar 2004 com a garantia do número 1 para o ano que vem.

Haikkönen, Montoya, o ?outro? Schumacher...

Seria estúpido, para dizer o mínimo, riscar da ?Lista de Prováveis Campeões? o nome de Michael, que em tantas circunstâncias já provou saber ser veloz, por mais adversas que lhe sejam as circunstâncias.

Mas, diante da pelo menos momentânea predominância da Michelin na Guerra de Titãs? que trava com a Bridgestone pela construção dos melhores pneus, é necessário incluir outros nomes nesta relação. Mas quais?.

Vamos analisar um a um.

Juan Pablo Montoya ? colombiano, equipe Williams ? Contando de fato com um carro bastante bom, Juan Pablo Montoya tem de estar na tal lista de candidatos ao título, mas há de se considerar que em algumas ocasiões ele tem ?ataques de cinco minutos? (como os tinha Nigel Mansell), e que justamente neles pode mandar as chances que teria de chegar lá para o espaço.

Com relação a Montoya, há de se colocar na balança também o fato de que disputará toda a temporada como um verdadeiro ?estranho no ninho?, já que tem contrato assinado para correr pela McLaren a partir de 2005, o que muito provavelmente fará com que a BMW esconda ?algumas cartas na manga?, visando evitar que, com sua bandeada para os lados de Woking no próximo ano, Juan Pablo leve o ouro para o bandido (no caso, os segredos da BMW para a Mercedes).

Ralf Schumacher - alemão, equipe Williams ? O menos ilustre dos Schumacher nas pistas de Fórmula 1 dificilmente chega lá, e não é um único fator que o coloca, mas longe de ser o favorito da tal ?Lista de prováveis campeões?.

Um dos fatos que pode afastar ?Schumachinho? do título está ligado à sua própria ganância, já que agora ele está aporrinhando a paciência de Sir Frank Williams dizendo que não vestirá o macacão do time em 2005 se não tiver um contrato que lhe garanta 25 milhões de dólares anuais.

Sobre o assunto, Williams desconversa, mas é certo que tem para si que Ralf Schumacher não pilota tudo o que diz valer, sendo este aliás um fator que o coloca ainda mais para distante do topo da lista dos que reúnem chances de ?chegar lá?.

Kimi Raikkönen - finlandês, equipe McLaren ? Que Kimi é frio como as temperaturas médias de sua terra natal na hora de tomar decisões que lhe possam garantir alguma coisa, ninguém discute. Que é um bom piloto, tampouco.

A esta altura você deve estar pensando mais ou menos como Bernie Ecclestone afirmou na entrevista que deu a jornalistas australianos na semana passada: Kimi é ?a bola da vez?...

Não!.

Não por falta de talento seu, ou de velocidade, mas Raikkonen terá pela frente um problema que já vem se tronando quase crônico na McLaren, que é a total incapacidade dos Engenheiros de produzirem um carro de fato bom.

O próprio piloto finlandês reconheceu numa entrevista publicada nesta sexta-feira mesmo por um, e republicada por outros ?trocentos e cinquenta? sites ter ficado decepcionado com os resultados dos ? inúteis, é verdade ? testes de pré temporada.

Mas, então diabos, quem será o campeão da Fórmula 1 em 2004, se Michael não tem pneus, Montoya não tem frieza suficiente, Ralf não tem o talento que acredita ter, e Kimi não tem um carro bom de fato?.

Minha bola de cristal seguiu para manutenção, e está aguardando que uma peça chegue para poder ser reparada.

Uma coisa, porém, posso dizer antes mesmo que ela volte: a temporada 2004 promete ser uma das menos sonolentas do ?circo? nos últimos tempos?.

Eu continuo a apostar no alemão do queixo grande, mas que vença o melhor!...
Retorna para página anterior



Fórmula Alpie
Solfesta - Porque bons negócios dependem de uma viagem bem planejada

 


© Copyright 1998/2017 Speed On Line. Todos os direitos reservados